Portugal 2020

Subscreva feed Portugal 2020
Actualizado: há 47 minutos 47 segundos atrás

Hoje é a Noite Europeia dos Investigadores 2019

Sex, 27/09/2019 - 00:00

Este ano, a Noite Europeia dos Investigadores celebra a Ciência na Cidade, hoje, 27 de setembro, em Lisboa e  em outras cidades aproximando os cientistas dos cidadãos.

 

Trata-se de uma oportunidade especial para divulgar o trabalho de grande qualidade e inovação desenvolvido pelos investigadores portugueses, bem como para realçar a importância de uma comunicação eficiente entre centros de investigação e a sociedade civil.

 

Lançada em 2005, atualmente bianual, financiada pela Comissão Europeia no âmbito das Ações Marie Curie, esta iniciativa procura quebrar as barreiras que separam a Ciência dos cidadãos, desmistificando a imagem distante que o cidadão tem do cientista.

 

A Noite Europeia dos Investigadores traduz-se numa série de atividades, que decorrem durante todo o ano, e que culminam numa noite de festa e celebração da Ciência, com lugar em várias cidades europeias na última sexta-feira de setembro.

 

A edição de 2019 acontece hoje, 27 de setembro, em Lisboa e noutras cidades com o tema Ciência na Cidade e pretende responder às principais preocupações das comunidades urbanas relacionadas com as alterações globais previstas para as próximas décadas

 

Destaca a relevância da Ciência para assegurar a qualidade de vida nas cidades do futuro e a preservação do património cultural como fator essencial à sustentabilidade.

 

Mais informações disponíveis em Noite Europeia dos Investigadores.

 

 

Fonte: NEI2019

 

Candidate-se ao Prémio Jovem Empreendedor 2019

Sex, 27/09/2019 - 00:00

A ANJE - Associação Nacional de Jovens Empresários, dinamiza a 21.ª edição do Prémio Jovem Empreendedor, uma das mais antigas distinções nacionais concedidas a promotores de ideias de negócio e a fundadores de empresas em fases iniciais de desenvolvimento.

 

A Call/Convocatória está aberta até ao dia 15 de outubro, devendo os candidatos (com idades compreendidas entre os 18 e 40 anos) apresentar, através de uma candidatura online, um plano de negócio que descreva, explique e fundamente o respetivo projeto de criação ou expansão de uma empresa.

 

Consulte aqui o REGULAMENTO do PRÉMIO que pretende distinguir e valorizar jovens empresários em fase de criação ou expansão de negócios, com características inovadoras.

 

O Prémio do Jovem Empreendedor está de volta para apoiar o lançamento de um novo projeto disruptivo e de valor acrescentado para o mercado.

 

 

Fonte: ANJE

 

Emprego e Situação Social na Europa continuam a melhorar

Sex, 27/09/2019 - 00:00

As perspetivas do mercado de trabalho continuam a ser globalmente positivas, de acordo com a edição do outono do Relatório 'Evolução do Emprego e da Situação Social na Europa – Análise Trimestral', recentemente publicado.

 

O Relatório confirma que o mercado de trabalho da União Europeia (UE) continua a bater recordes, com 241,4 milhões de pessoas empregadas na UE (160 milhões na área do euro) no segundo trimestre de 2019.

 

O emprego na UE tem vindo a crescer durante 25 trimestres consecutivos e, desde o início da Comissão Juncker, foram criados 14,1 milhões de postos de trabalho. O número total de horas trabalhadas ultrapassou agora ligeiramente o pico de 2008.

 

O Relatório revela ainda que no primeiro trimestre de 2019 foram criados mais 2,5 milhões de empregos permanentes do que no trimestre homólogo de 2018.

 

No mesmo período, aumentou o trabalho por conta própria (+ 350 mil pessoas) e diminuiu o trabalho temporário (- 600 mil pessoas).

 

O desemprego está agora no seu nível mais baixo.

 

Consulte aqui o Relatório:

| ‘Employment and Social Developments in Europe - September 2019’

 

 

Fonte: CE

 

PO ISE prorroga AVISO relativo à ‘Formação de Profissionais da Saúde’

Sex, 27/09/2019 - 00:00

A Autoridade de Gestão do PO ISE – Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, informa que foi prorrogado o prazo para submissão de candidaturas relativas à ‘Formação de Profissionais da Saúde’ até às 18h00 do próximo dia 3 de outubro.

 

No AVISO Nº POISE-38-2019-18 da Tipologia de Operações 3.30 - Formação de Profissionais da Saúde, foi introduzida informação relativa à formação que decorra fora do território nacional no ponto 19. Despesas elegíveis.

 

Promovido pela Administração Central do Sistema de Saúde, I. P. (ACSS, I.P.) na qualidade de organismo intermédio e cofinanciado pelo PO ISE, podem ser consideradas elegíveis, para efeitos de financiamento, no âmbito do presente Aviso, as ações de formação associadas ao desenvolvimento de competências dos profissionais de saúde ou outros agentes, que atuam na área da Saúde.

 

O presente Aviso configura um convite para apresentação de candidaturas, tendo sido elaborado nos termos previstos no n.º 6 do artigo 16.º do Regulamento Geral dos Fundos Europeus e de Investimento (FEEI), aprovado pelo Decreto‐Lei n.º 159/2014, de 27 de outubro, na sua redação atual.

 

Consulte o AVISO publicado no website do PO ISE em ‘Avisos Abertos’ ou no Balcão 2020 - PO Inclusão Social e Emprego. 

 

 

Fonte: PO ISE

 

Candidate o seu evento à Semana Europeia das PME 2019

Qui, 26/09/2019 - 00:00

Potencie a visibilidade e dê prestígio ao seu evento, participando na Semana Europeia das PME 2019!

 

A Semana Europeia das PME é uma iniciativa da Comissão Europeia, que tem como objetivo a promoção do empreendedorismo, dinamizando a disponibilização e a facilidade de acesso a informação sobre apoios da União Europeia (UE) e nacionais dirigidos às empresas, englobando um alargado leque de eventos.

 

Para integrar o calendário da Semana Europeia das PME, basta candidatar o evento através do FORMULÁRIO próprio, seja ele organizado por uma empresa ou por uma entidade pública ou privada da envolvente empresarial, incluindo instituições de ensino.

 

Os eventos selecionados para integrar a Semana Europeia das PME podem utilizar a marca da iniciativa nos seus suportes de comunicação e beneficiam de divulgação no website da Comissão Europeia.

 

O IAPMEI e a CIP - Confederação Empresarial de Portugal são os coordenadores nacionais da Semana Europeia das PME.

 

Saiba mais:

| Semana Europeia das PME

 

 

Fonte: IAPMEI

Publicado Relatório das Nações Unidas sobre os Oceanos e as Alterações Climáticas

Qui, 26/09/2019 - 00:00

O Painel Intergovernamental sobre as Alterações Climáticas (IPCC) publicou ontem o seu Relatório Especial sobre o impacto das alterações climáticas nos oceanos e na criosfera — as partes congeladas do nosso planeta.

 

O Relatório proporciona aos decisores políticos de todo o mundo uma base científica sólida para os seus esforços para modernizar a economia, combater as alterações climáticas e fazer face aos seus impactos nos oceanos, promover o desenvolvimento sustentável e erradicar a pobreza.

 

Os comissários Miguel Arias Cañete, responsável pela Ação Climática e Energia, Karmenu Vella, responsável pelo Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, e Carlos Moedas, responsável pela Investigação, Ciência e Inovação, congratulam-se com o Relatório, considerando-o um sinal de alerta para a comunidade internacional no sentido de combater as alterações climáticas e os seus impactos nos oceanos o mais rapidamente possível.

 

 

Fonte: CE

 

Conferência sobre Emprego e Situação Social na Europa 2019, em Bruxelas

Qui, 26/09/2019 - 00:00

A Conferência de alto nível com o tema ‘Crescimento Sustentável para Todos: Escolhas para o Futuro da Europa Social’ vai ter lugar amanhã, em Bruxelas.

 

Organizada pela Comissão Europeia, em estreita cooperação com o CESE - Comité Económico e Social Europeu, a conferência vai reunir cerca de 200 participantes de organizações internacionais e da União Europeia, Estados-Membros, parceiros sociais, academia e sociedade civil.

 

Consulte aqui o PROGRAMA da conferência que vai debater as principais conclusões do Relatório de 2019 sobre a Evolução do Emprego e da Situação Social na Europa.

 

À luz das tendências globais a longo prazo, como o envelhecimento, a globalização, a transformação tecnológica e as alterações climáticas, a revisão de 2019 é dedicada ao tema da SUSTENTABILIDADE.

              

O Relatório mostra que a luta contra as alterações climáticas e a preservação do crescimento são indissociáveis.

 

Apresenta várias opções estratégicas capazes de preservar a competitividade da União Europeia, manter o crescimento e repartir os seus benefícios pela população da UE na sua globalidade e pelas suas gerações futuras, prosseguindo simultaneamente uma transição ambiciosa para uma economia neutra para o clima.

 

A revisão de 2019 confirma igualmente a expansão contínua da atividade económica da UE, com novos níveis recorde de emprego e uma melhoria da situação social.

 

Fonte: CE

Fundos UE do Norte para 2021-2027 decididos com mais participação de atores regionais

Qui, 26/09/2019 - 00:00

As áreas prioritárias dos Fundos da União Europeia para 2021-2027 no Norte vão ser definidas com uma participação intensificada dos atores da região, revelou ontem a CCDR-N - Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional, entidade gestora do financiamento.

 

A vice-presidente da CCDR-N, Ester Silva, esclareceu que a participação das instituições presidiu às anteriores atribuições de fundos, destacando que “pode ser muito mais intensificada”, até por uma questão de “maturidade”, prevendo-se, por isso, uma “consulta regular e sistemática” às instituições.

 

A intenção é colocar em consulta pública a proposta de Estratégia Regional de Especialização Inteligente – RIS3 NORTE 2027 no início do segundo semestre de 2020, realizando até então 'workshops' temáticos, inquéritos e reuniões para uma “ampla recolha de contributos dos atores regionais”, num processo que vai contar com o CRIN - Conselho Regional de Inovação do Norte, órgão consultivo da CCDR-N, que esta semana reuniu pela primeira vez.

 

De acordo com a vice-presidente, a CCDR-N começou já a preparar os próximos apoios, para 2021-2027, tendo-se já debruçado sobre a Estratégia Regional de Especialização Inteligente que serviu de base ao anterior quadro comunitário.

 

“Monitorizámos os resultados e começámos a pensar nos domínios prioritários e em quais as atividades económicas com mais potencial para serem o destino prioritário na alocação de fundos”, explicou.

 

Desde já, sabe-se que “a estratégia anterior [para os fundos 2014-2020] foi desenhada para uma altura de crise e, portanto, tinha um enfoque muito grande no emprego, algo que atualmente não será tão premente”.

 

“Outra das mudanças diz respeito à Inovação. Na altura, Portugal era considerado pela Comunidade Europeia um ‘inovador moderado’ e, atualmente, já é um ‘inovador forte’”, observou a vice-presidente.

 

Relativamente ao novo quadro, existe já uma proposta de regulamento que aponta para “apenas cinco objetivos, quando antes eram 11”, ao mesmo tempo que destaca como mais importantes, e destinatários de 75% dos fundos, a Inovação/Digitalização/Apoio ao Tecido Empresarial (45% do financiamento) e a Descarbonização (30%).

 

Quanto à primeira reunião do CRIN, órgão consultivo da CCDR-N com competências para se pronunciar sobre a aplicação dos fundos da União Europeia na região, arrancou com a revisão das prioridades de investimento do próximo quadro comunitário.

 

 

Fonte: Lusa/CCDRN

Escolas da Região Norte acolhem projeto de Literacia Digital

Qui, 26/09/2019 - 00:00

‘Make Code: Programa o Teu Futuro’ é o nome da iniciativa da Fundação da Juventude, com o objetivo de promover as competências digitais de 8000 alunos e 500 professores, cofinanciado pelo PO CH - Programa Operacional Capital Humano.

 

Um total de 8000 alunos dos 1º, 2º e 3º ciclos, com idades compreendidas entre os 6 e os 15 anos, serão envolvidos neste programa que se centra nos Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP) da Região Norte.

 

Simultaneamente, 800 professores e diretores de escolas também participarão neste projeto que conta com o apoio da Microsoft e da iniciativa Portugal Inovação Social

 

O Programa TEIP é uma iniciativa governamental, implementada em 137 agrupamentos de escolas/escolas não agrupadas “que se localizam em territórios económica e socialmente desfavorecidos, marcados pela pobreza e exclusão social, onde a violência, a indisciplina, o abandono e o insucesso escolar mais se manifestam", destaca a Direção-Geral de Educação (DGE). 

 

O projeto dá aos professores as ferramentas necessárias para ensinarem aos seus alunos a programar, utilizando uma placa de microcontrolador – Micro:bit e Minecraft: Education Edition. "Qualquer professor de qualquer disciplina pode participar no projeto mesmo que não tenha conhecimentos de programação", realça a Fundação da Juventude, em comunicado.

 

De acordo com a mesma fonte, o 'Make Code' foi criado para "combater o fraco nível de competências digitais da População Jovem e aumentar o seu nível de Literacia Digital".   

 

O ‘Make Code’ é cofinanciado pelo PO CH, através do FSE - Fundo Social Europeu.

 

 

Fonte: Fórum Estudante/POCH

 

Açores lança projeto-piloto para recolha de resíduos orgânicos

Qui, 26/09/2019 - 00:00

No âmbito de uma reunião com os municípios da Região Autónoma dos Açores, foi anunciado o desenvolvimento de um projeto-piloto em 2020, com vista a apoiar os municípios que pretendam iniciar a recolha de resíduos orgânicos, com apoio do Açores 2020.
 

O anúncio foi feito pela secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo, nesta reunião com os Municípios da Região sobre resíduos e perímetros de proteção às captações de água de abastecimento público para consumo.

“Ainda este ano, concluiremos um processo de aquisição de 750 contentores de 800 litros destinados à deposição de resíduos urbanos biodegradáveis”, divulgou Marta Guerreiro, avançando que esses contentores "serão entregues aos municípios que venham a aderir ao projeto-piloto, para serem colocados junto dos ecopontos das recolhas seletivas”.
 

O projeto será financiado pelo FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa Operacional Açores 2020, tendo sido submetido junto da Comissão Europeia um projeto LIFE – o Better COMPOST - que, “sendo aprovado, permitirá, a partir de setembro de 2020, alargar o campo de atuação, “uma vez que o projeto prevê um investimento de dois milhões de euros” e inclui ainda várias campanhas de sensibilização junto das populações.
 

“Pretendemos perceber em que ponto está a reflexão dos municípios relativamente à recolha seletiva de resíduos orgânicos e lançar o desafio para que adiram, já em 2020, ao projeto-piloto que hoje apresentamos”, afirmou Marta Guerreiro, dando nota de que as recentes alterações à Diretiva de Resíduos vieram impor a obrigação de recolha seletiva de resíduos orgânicos até 2023.
 

Na ocasião a secretária regional, reforçou também a importância do cumprimento “das normas e dos critérios para a delimitação de perímetros de proteção de captações de águas superficiais e subterrâneas destinadas ao abastecimento público para consumo humano na Região”, destacando as competências destas entidades em “captar, vedar e sinalizar a área afeta à zona de proteção imediata e mantê-la limpa”.
 

 

Fonte: Tribuna das Ilhas/Açores2020

Criada Aliança para a Economia Circular do Plástico

Qua, 25/09/2019 - 00:00

Mais de 100 parceiros públicos e privados que operam em toda a cadeia de valor dos plásticos assinaram a Declaração da Circular Plastics Alliance (CPA), a Aliança para a Economia Circular do Plástico, que promove ações voluntárias para o bom funcionamento do mercado da União Europeia dos plásticos reciclados.

 

A Declaração explica como a aliança irá atingir, até 2025, o objetivo de 10 milhões de toneladas de plástico reciclado para fabricar anualmente novos produtos na Europa.

 

Este objetivo foi fixado pela Comissão Europeia na Estratégia para os Plásticos de 2018, a qual se enquadra nos esforços empreendidos para fomentar a reciclagem do plástico na Europa.

 

A Declaração assinada por pequenas e dédias empresas, grandes empresas, associações empresariais, entidades de normalização, organismos de investigação e autoridades locais e nacionais assume o objetivo de 10 milhões de toneladas de plástico reciclado e apela a medidas para acabar com a deposição de resíduos de plástico na natureza e em aterros.

 

Para atingir o objetivo, são apontadas ações concretas como:
 

  • Melhorar a conceção dos produtos de plástico para os tornar mais recicláveis e neles integrar mais plástico reciclado;
  • Identificar potencialidades inexploradas de recolha, triagem e reciclagem de resíduos de plástico em toda a UE, bem como lacunas ao nível do investimento;
  • Definir uma agenda de investigação e desenvolvimento para o plástico numa economia circular;
  • Estabelecer um sistema de monitorização transparente e fiável para seguir todos os fluxos de resíduos de plástico na UE.

 

 

Fonte: CE

Projeto de investigação português vai receber 15 milhões do Horizonte 2020

Qua, 25/09/2019 - 00:00

O projeto de investigação MIA-Portugal Multidisciplinary Institute of Ageing, vai receber 15 milhões de euros, na vertente dos projetos “Teaming” (parcerias) do programa Horizonte 2020 para a criação de centros de excelência científica, foi ontem anunciado em Bruxelas.
 

Liderado pela Universidade de Coimbra, em parceria com a Universidade de Newcastle upon Tyne, a Universidade de Groningen e o Instituto Pedro Nunes, o MIA quer criar o primeiro centro de excelência em investigação sobre o envelhecimento no sul da Europa.

 

O seu objetivo geral é melhorar a saúde e bem-estar de uma população em envelhecimento e beneficiar do potencial de excelência científica e de inovação para criar oportunidades de negócio.
 

É um de dois projetos de investigação portugueses contemplados com um montante de 15 milhões de euros cada, no âmbito do programa da União Europeia Horizonte 2020.
 

O outro projeto português financiado é o BIOPOLIS, liderado pelo ICETA (Instituto de Ciências e Tecnologias Agrárias e Agroalimentares) da Universidade do Porto, em parceria com a Universidade de Montpellier e a Porto Business School Association.
 

Através do projeto BIOPOLIS, o Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO) passará a ser um centro internacional de excelência em biologia ambiental, investigação sobre ecossistemas e agrobiodiversidade, com capacidade para difundir a excelência para a inovação nos domínios do ambiente, da biodiversidade e da agricultura.
 

Os projetos “Teaming” do programa Horizonte 2020 reúnem parceiros de países que carecem de atividades de investigação e inovação com outros parceiros de países mais desenvolvidos neste domínio.
 

Foram selecionados para financiamento 14 projetos, coordenados por instituições da Bulgária, Chipre, República Checa, Estónia, Letónia, Polónia e Portugal.
 

«Congratulo-me especialmente com o desempenho de Portugal neste instrumento, com mais dois projetos de excelência que permitirão criar novos centros de investigação, consolidar equipas científicas e desenvolver trabalho com impacto na vida dos cidadãos europeus, seja no envelhecimento ativo seja na biodiversidade», disse Carlos Moedas, o comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, na cerimónia em que foram anunciados os financiamentos.

 

 

Fonte: CE/Diário Coimbra

 

Alteração de apoios à 'Manutenção da Atividade Agrícola em Zonas Desfavorecidas'

Qua, 25/09/2019 - 00:00

O PDR 2020 - Programa de Desenvolvimento Rural procedeu, recentemente, ao ajustamento dos apoios à ‘Manutenção da Atividade Agrícola em Zonas Desfavorecidas’, segundo uma Portaria publicada em Diário da República.

 

“No seguimento da reprogramação do PDR 2020, torna-se necessário introduzir alguns ajustamentos ao referido regime de aplicação clarificando a alteração dos valores de apoio a atribuir às freguesias pertencentes às zonas, que não as de montanha, sujeitas a condicionantes naturais significativas que deixaram de ser elegíveis em resultado do processo de eliminação faseada, de acordo com o disposto [em regulamentos europeus], relativo ao apoio ao desenvolvimento rural pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER)”, lê-se no diploma.

 

Desta forma, por exemplo, para um escalão de superfície agrícola igual ou inferior a três hectares, considerando uma zona afetada por condicionantes naturais significativas, o montante do apoio é de 130 euros por hectare.

 

Por sua vez, considerando o mesmo escalão e as zonas que, em resultado do processo de eliminação faseada, deixaram de ser elegíveis, o montante é de 104 euros por hectare em 2019 e 52 euros por hectare em 2020.

 

Já para um escalão de superfície agrícola entre 30 hectares e 150 hectares, considerando também uma zona afetada por condicionantes naturais significativas, o apoio é de 18 euros por hectare.

 

Para o mesmo escalão e tendo em conta as zonas sujeitas a condicionantes naturais significativas que, em resultado do processo de eliminação faseada, deixaram de ser elegíveis, o apoio é de 14,40 euros por hectare em 2019 e 7,20 euros por hectare em 2020.

 

A Portaria, assinada pelo ministro da Agricultura, Capoulas Santos, entra em vigor hoje, dia 25 de setembro.

 

Consulte aqui o diploma:

 

| Portaria n.º 332/2019 - Diário da República n.º 183/2019, Série I de 2019-09-24

 

Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural
Procede à sexta alteração à Portaria n.º 24/2015, de 9 de fevereiro, que estabelece o regime de aplicação da medida n.º 9, «Manutenção da atividade agrícola em zonas desfavorecidas», do Programa de Desenvolvimento Rural do Continente (PDR 2020).

 

 

 

Fonte: D.R./PDR2020

 

Novo Aviso para candidaturas ao Mar 2020

Qua, 25/09/2019 - 00:00

Entre 23 de setembro e 30 de novembro de 2019 está aberto o período de apresentação de candidaturas para o Reforço da Competitividade da Pesca, no âmbito do Programa Operacional Mar 2020.

 

O concurso visa a criação, recuperação e modernização de estruturas, equipamentos e ou infraestruturas existentes, nos municípios de Cantanhede, Figueira da Foz, Mira e Montemor.

 

Saiba mais em Balcão Mar 2020.

 

| Operação P04M03 - Execução das EDL

| Nº anúncio: Reforço da competitividade da pesca

| Período: de 23-09-2019 às 00:00:00 a 30-11-2019 às 23:55:59

| Organismo: ADELO

ANÚNCIO de ABERTURA

MEMÓRIA DESCRITIVA

 

 

Fonte: Mar2020

Crianças protagonizam a Cooperação Europeia entre Espanha e Portugal

Qua, 25/09/2019 - 00:00

As crianças não entendem fronteiras, pelo que os responsáveis do Programa de Cooperação Transfronteiriça Interreg Espanha-Portugal (POCTEP), escolheram-nas para celebrar o Dia da Cooperação Europeia, anualmente festejado a 21 de setembro.

 

Alunos de uma escola espanhola de Badajoz estão hoje numa escola da vizinha Elvas, para compartilhar com crianças portuguesas uma manhã de jogos tradicionais raianos transfronteiriços e assistir a uma oficina de formação ambiental dada por membros da Cruz Vermelha de Espanha e de Portugal.

 

É uma "pequena homenagem" aos projetos de cooperação europeia, que vão desde grandes infraestruturas até pequenas iniciativas, cujo impacto positivo na vida das pessoas a União Europeia (UE) quer ressaltar na celebração do Dia da Cooperação Europeia, destacou a diretora da Secretaria Conjunta do Interreg Espanha-Portugal, Elena de Miguel.

 

Com o lema "A Europa és tu", a UE fomenta a cooperação de diferentes maneiras. Uma delas é através dos Programas de Cooperação, que atribuem mais de 10 mil milhões de euros para que as regiões trabalhem juntas em desafios comuns: adaptação climática, inclusão social, migração e inovação, entre outros.

 

"Todos nós que estamos envolvidos no trabalho da cooperação europeia sabemos que se fazem muitas coisas, grandes e pequenos projetos de cooperação, mas todas muito importantes. E muitas vezes não é suficientemente visível para o cidadão toda a ação da UE e tudo o que se chega a fazer graças à UE", lamentou De Miguel, à frente deste organismo desde 2007.

 

"A fronteira entre Espanha e Portugal é uma fronteira enorme. São 1.234 quilómetros e não é apenas a maior fronteira, a mais antiga e a mais longa por extensão da UE, é também muito diferente e apresenta necessidades distintas para o território e os cidadãos", remata.

 

Para facilitar a coerência do programa, o espaço está organizado em seis áreas de Cooperação Transfronteiriça que unem duas ou mais regiões de ambos lados da fronteira. São a Galiza e o Norte de Portugal; Norte de Portugal e Castela e Leão; Castela e Leão e Centro de Portugal; Centro de Portugal, Extremadura, Alentejo; Alentejo, Algarve e Andaluzia; e uma última plurirregional.

 

A estrutura de gestão do programa Interreg Espanha-Portugal, que no marco atual 2014-2020 tem 234 projetos aprovados, é complexa, "de envergadura": consta de três Autoridades (de Gestão, Certificação e de Auditoria), de dez unidades de coordenação (duas nacionais e oito regionais) e três comités (acompanhamento, gestão e territorial), resume De Miguel, à frente da Secretaria conjunta que supervisiona o bom funcionamento de toda a engrenagem.

 

O leque de beneficiários com projetos abrangidos por uma subvenção da despesa de até 75%, a cargo do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), é amplo e diverso, segundo a responsável.

 

A lista engloba universidades, entidades de ensino superior, centros tecnológicos, centros de investigação, parques científicos e tecnológicos, administrações públicas, agências de desenvolvimento regional, fundações ou câmaras de comércio.

 

Também concorrem empresas, associações empresariais, serviços de proteção civil, confederações hidrográficas, parques naturais e associações para a defesa e gestão do património natural ou associações e organizações da sociedade civil.

 

 

Fonte: POCTEP/Diário Aveiro

 

Novo Portal do Sistema Nacional de Informação Desportiva

Ter, 24/09/2019 - 00:00

O SNID - Sistema Nacional de Informação Desportiva tem disponível um novo PORTAL, que permite a todos aceder a informação sobre instalações desportivas, entidades e modalidades desportivas, um projeto com apoio do Programa Operacional COMPETE 2020.

 

Para além do público em geral, também as entidades desportivas e os investigadores científicos podem tirar partido desta ferramenta, que é de verdadeiro interesse público e de promoção da atividade física e do desporto.

 

A nova versão da plataforma permite pesquisar as instalações desportivas por modalidade e por zona geográfica. As entidades desportivas passam a poder registar instalações desportivas por coordenadas geográficas, validar a pesquisa por código postal e ainda indexar a morada da instalação desportiva ao Google Maps.

 

O SNID conta já com mais de 5 mil instalações registadas, em quase 280 municípios.

 

O SNID é ainda uma ferramenta útil de promoção de conhecimento científico, tendo uma funcionalidade que permite aos investigadores recolherem informação pertinente e sistematizada que permita a realização de estudos sobre as instalações desportivas do nosso País.

 

Além disso, o novo website torna mais simples e acessível o registo e consulta de entidades com Mecenato Desportivo e o Registo Nacional Clubes e Federações Desportivas.

 

Consulte AQUI:

| Novo portal SNID

 

 

Fonte: SNID

 

Jornadas Europeias da Investigação e Inovação arrancam amanhã em Bruxelas

Ter, 24/09/2019 - 00:00

As primeiras Jornadas Europeias da Investigação e Inovação começam amanhã em Bruxelas e decorrem até 26 de setembro.

 

São esperados 4 000 participantes, incluindo comissários, representantes governamentais, investigadores, académicos e empresas, que farão o balanço das realizações da investigação financiada pela União Europeia, bem como da excelência científica europeia e debaterão o futuro neste domínio.

 

O evento inclui uma conferência política, a exposição “A ciência é maravilhosa!” e diversas cerimónias de entrega de prémios.

 

A semana terminará com a 14.ª edição da popular Noite Europeia dos Investigadores, a 27 de setembro, com eventos em mais de 370 cidades em 29 países da UE e países vizinhos, que permitirão às pessoas descobrir a ciência de forma prática.

 

 

Fonte: CE

 

Já abriram candidaturas a um prémio à instalação para Jovens Agricultores

Ter, 24/09/2019 - 00:00

Os jovens agricultores do continente podem candidatar-se a um prémio à instalação, a partir de hoje e até 8 de novembro, no âmbito do PDR 2020 - Programa de Desenvolvimento Rural.

 

De acordo com o anúncio publicado na página deste programa, "o apoio previsto consiste num prémio à instalação, sob forma de subvenção não reembolsável".

 

No total, a dotação orçamental é de 15 milhões de euros.

 

As candidaturas apresentadas devem fomentar o rejuvenescimento das empresas agrícolas e aumentar a atratividade do setor aos jovens, promovendo o investimento e a participação no mercado.

 

A Autoridade de Gestão do PDR alerta que os candidatos que tenham recebido ajudas à produção ou à atividade agrícola além dos dois anos anteriores ao da apresentação da candidatura, e os que tenham celebrado um contrato de financiamento ou assumido a titularidade e a gestão direta da exploração agrícola, "encontrando-se inscrito na Autoridade Tributária com atividade agrícola e no organismo pagador enquanto beneficiário", não reúnem as condições legais para a atribuição destes apoios.

 

Apenas é admitida uma candidatura por beneficiário, que deverá ser submetida através do portal Portugal 2020 ou do website do PDR 2020.

 

 

Para mais informações, aceda aqui:

 

| Operação 3.1.2. Investimento de Jovens Agricultores na Exploração Agrícola

 

 

 

Fonte: PDR2020

 

Empreendedor investe no marketing olfativo com apoio do NORTE 2020

Seg, 23/09/2019 - 00:00

Coco Channel dizia que “uma mulher sem perfume é uma mulher sem futuro”. O empreendedor Daniel Vilaça, CEO da Nortempresa, vai mais longe e aposta no marketing olfativo como uma das principais peças que permite vender uma marca.

 

Com loja na Rua do Souto, em Braga, e fábrica também no concelho, produz e comercializa perfumes, fragrâncias e experiências olfativas a partir da região do Cávado para todo o mundo.

 

A aposta é destaque na reportagem “O Norte Somos Nós”. A rubrica dá voz a investimentos públicos e privados que têm tornado a região mais competitiva com o apoio do Programa Operacional NORTE 2020.

 

Acompanhe este e outros testemunhos na página Youtube do NORTE 2020.

 

| PROJETO: Criação de Unidade de produção de perfumes e fragrâncias, Internacionalização e Qualificação

| INVESTIMENTO: 1 milhão de Euros

| APOIO UE: 647 mil Euros

 

 

Fonte: NORTE 2020

 

Veículos elétricos para parques naturais em Portugal e Espanha

Seg, 23/09/2019 - 00:00

Um projeto apoiado pelo FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, está a financiar a utilização gratuita de veículos elétricos em parques naturais nas fronteiras entre Espanha e Portugal com o intuito de reduzir as emissões de dióxido de carbono.

 

O projeto MOVELETUR, financiado pelo FEDER através do Programa de Cooperação Interreg VA Espanha-Portugal, visa promover um modelo sustentável e limpo para os turistas e outros visitantes desfrutarem da riqueza dos parques naturais da região.

 

Desde o seu lançamento, em setembro de 2018, o projeto MOVELETUR financiou a compra de quatro automóveis elétricos, 80 bicicletas, oito scooters elétricas, três minicarros, três veículos elétricos para pessoas com deficiência e 23 pontos de carregamento elétrico.

 

Estima-se que estes veículos tenham permitido reduzir 1,5 toneladas de CO2 em menos de um ano.

 

Outros benefícios da transição para os veículos elétricos nestes parques naturais incluem a redução da poluição sonora, permitindo que os visitantes sintam a natureza de forma mais intensa, por exemplo ouvindo os sons dos pássaros e dos lobos, que, caso contrário, seriam afastados pelo ruído.

 

Para reforçar as vantagens adicionais das atividades do projeto, os parceiros estão a desenvolver aplicações tecnológicas que permitirão aos utilizadores de veículos elétricos usufruírem e aprenderem mais sobre a vida selvagem e os monumentos existentes nos parques.

 

O objetivo final é que cada carro e bicicleta tenha um sistema para ajudar o visitante a compreender e apreciar as características da zona que visita, contribuindo para reduzir ao máximo as emissões e a poluição sonora.

 

 

Fonte: CE

 

Páginas