Portugal 2020

Subscreva feed Portugal 2020
Actualizado: há 1 hora 11 minutos atrás

Portugal bem classificado na luta contra a fraude com fundos UE

Seg, 04/10/2021 - 00:00

De acordo com a avaliação da Comissão Europeia e das entidades de luta antifraude, Portugal é um dos países cumpridores. Nos últimos anos, o conjunto de fraudes detetadas com fundos da União Europeia ronda os 2,3 mil milhões de euros - muito abaixo da média.

 

A luta antifraude é um dos grandes objetivos da Comissão Europeia, que alocou 181 milhões para "apoiar os Estados membros no combate à fraude, à corrupção e a outras irregularidades que afetam o orçamento da UE". Numa altura em que os Estados Membros se preparam para receber mais fundos da União europeia.

 

Este esforço de proteger os fundos contra qualquer tipo de ações ilícitas tende a aumentar. Esta é a opinião de Elisa Ferreira, emitida no final do ano passado e reforçada em junho deste ano. A eurodeputada e comissária europeia da Coesão e Reformas garante que Bruxelas tem tolerância zero para fraudes com fundos. Mais dinheiro traz mais responsabilidade. Esta foi a ideia que tentou transmitir, acrescentando, no entanto, que as situações de fraude conhecidas no passado não chegam a 1% dos casos.

 

A imagem de Portugal

O relatório da OLAF sobre 2020 reporta apenas um incidente com Portugal, com Itália em destaque com 13 casos.

 

No que diz respeito à análise da deteção de irregularidades pelo Estado membro / OLAF e o seu impacto financeiro na área de Recursos Próprios Tradicionais para o período 2016-2020, Portugal registou 129 irregularidades fraudulentas e não fraudulentas com um impacto financeiro de 2,29%. Estes valores assumem expressão significativa quando comparados com países como Espanha e Grécia. Em Espanha verificaram-se 1554 casos, com um impacto financeiro de 2,08%. Por sua vez, Grécia apesar de só ter registado 277 casos, estes tiveram um impacto de 4,37%, o mais alto da tabela.

 

De acordo com o relatório da Comissão Europeia, ao nível dos Estados Membros, as 1.056 irregularidades fraudulentas relatadas em 2020 tiveram um impacto financeiro combinado de € 371 milhões, cerca de 20% menos do que em 2019 e continuando a diminuição constante dos últimos cinco anos. O número de irregularidades não fraudulentas permaneceu estável, mas diminuiu em valor em 6%,

 

Uma estratégia nacional antifraude

Especificamente para os próximos fundos que o nosso país irá receber, Portugal definiu cinco entidades fiscalizadoras da gestão e execução: a Agência para o Desenvolvimento e Coesão (AD&C), a Inspeção-Geral de Finanças, a Polícia Judiciária, o Departamento Central de Investigação e Ação Penal e o Tribunal de Contas.

 

Paralelamente, foi publicada em 6 de abril de 2021, a Estratégia Nacional Anticorrupção 2020-2024, que identifica um conjunto de prioridades destinadas a diminuir a corrupção em Portugal, sugerindo medidas na área da prevenção, deteção e repressão.

 

De destacar ainda a criação, pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), de um grupo de reflexão (think tank), com vista a desenvolver estratégias de prevenção e combate a fraudes com fundos europeus, que contará com a participação da Agência para o Desenvolvimento e Coesão, IP. Nos próximos dois anos, o grupo terá como objetivo identificar áreas de elevado risco de comportamentos fraudulentos; definir linhas orientadoras de prevenção de fraude na gestão e controlo de fundos europeus; e implementar metodologias de ação ajustadas a comportamentos fraudulentos identificados.

 

No âmbito deste grupo de reflexão, realiza-se no próximo dia 8 de outubro, o evento  “Accountability e Democratização das instituições – Prevenção da Fraude”. Consulte o programa e inscreva-se até 5 de outubro.

 

 

Fonte: DN/ Comissão Europeia

Nova Infografia Mensal | PT 2020 atinge 66% de taxa de execução

Sex, 01/10/2021 - 00:00

Já está disponível para consulta e download  a nova Infografia Mensal do Portugal 2020 relativa a Agosto de 2021.

 

A nova Infografia revela que o Portugal 2020 atingiu, no final de agosto de 2021, uma taxa de compromisso de 112% e uma taxa de execução de 66%.

 

O valor de fundos aprovados ascendeu a 29,2 mil M€ para apoiar projetos com um investimento elegível de 44,7 mil M€, o que corresponde a uma taxa de financiamento média de 65,3% sobre o investimento elegível.

 

O valor dos fundos executados ascendeu a 17,2 mil M€, ou seja, 66% dos fundos programados (taxa de execução) e 59% do valor dos fundos aprovados (taxa de realização).

 

Em relação aos montantes transferidos pela Comissão Europeia aos Estados-Membro, no final do mês de agosto, Portugal registava a segunda maior taxa de pagamentos intermédios (65,7%) sobre o total programado, de entre os Estados-Membros com envelopes financeiros acima dos 7 mil M€, e assumia a quinta posição em termos absolutos, com um valor de 17,2 mil M€ recebidos.

 

NOTA : Os dados  reportados a Agosto 2021, não incluem operações apoiadas pela REACT-EU , sendo que  a curto prazo estes serão objeto de representação autónoma.

 

Consulte AQUI:

 

INFOGRAFIA MENSAL PT 2020 - AGOSTO 2021

  

Leia este e outros Boletins já publicados na página MONITORIZAÇÃO do Portal PT 2020.

 

 

Fonte: AD&C/UAME 

Portugal 2020 acelera Execução a caminho do encerramento em 2023

Sex, 01/10/2021 - 00:00

O Portugal 2020 vai atingir cerca de 70% de execução já no final de 2021, em linha com as metas programadas para o encerramento deste ciclo de programação pelo Governo no início do ano.

 

Em agosto de 2021 estavam já executados 66% dos fundos do Portugal 2020, resultado de um aumento muito expressivo da execução em 2021 (+34%). Em resultado das medidas de aceleração e de resposta à pandemia da COVID-19 implementadas pelo Governo, foram executados mais 627 M€ de investimentos do que em 2020.

 

Os pagamentos, que têm vindo a apresentar um ritmo crescente, aceleraram fortemente em 2021, atingindo uma média mensal de 412 M€ transferidos para os beneficiários do Portugal 2020.

 

Ricardo Pinheiro, Secretário de Estado do Planeamento, considera que “o aumento verificado na execução dos fundos comunitários em 2021, no âmbito do PT2020, assenta num exercício de rigor, de proximidade e de simplificação, que constitui um contributo fundamental para o desenvolvimento económico e social do País."

 

Esta dinâmica tem correspondência no ranking europeu de execução de fundos comunitários, no qual Portugal tem estado sistematicamente nos primeiros lugares entre Estados-membros com pacotes financeiros comparáveis (superiores a 7 mil M€). Segundo os dados de agosto da Comissão Europeia, Portugal é o segundo país que mais despesa viu reembolsada (65,7%).

Estes resultados muito positivos reforçam a convicção do Governo da plena execução física e financeira do Portugal 2020 e do seu contributo relevante para o desenvolvimento económico e social do país e para a convergência interna e externa dos seus territórios.

 

 

Fonte: A partir da carta Ref.Ares(2021)5563310 -10/09/2021, da Comissão Europeia – DG BUDGET (BUDG. A.2.002/PG/623 7313), State of execution of payments for 2014-2020 ESIF Operational Programmes and the level of the 'reste à liquider' (RAL) for-heading 1b programmes 2007-2013(Status as of 31st August 2021).

Workshop Interreg MED | Projeto +RESILIENT

Sex, 01/10/2021 - 00:00

No próximo dia 7 de outubro, das 9h30 às 13h00, no Auditório da CCDR-Alentejo, em Évora, realiza-se o Workshop '+RESILIENT – SCALING OUT ROADSHOW'.

 

Neste evento, serão divulgadas as atividades e resultados do Projeto +RESILIENT nas várias regiões MED envolvidas, bem como propor a partilha e cruzamento das experiências do projeto com boas práticas de responsabilidade e inclusão social, no setor do Turismo.

 

Fique também a conhecer as novas oportunidades de financiamento e de Capacitação para a Inovação Social, neste encontro promovido pela RCDI - Rede de Competências para o Desenvolvimento e a Inovação, conjuntamente com a CCDR-Alentejo (parceiro associado do projeto).

 

O Projeto +RESILIENT, cofinanciado pelo Programa de Cooperação Europeia Interreg MED, visa promover a melhoria das políticas e práticas no domínio da Inovação Social.

 

Consulte a AGENDA e faça a sua INSCRIÇÃO, até ao próximo dia 4 de Outubro.

 

 

 

Fonte: ADC-NCTE

Novos apoios para Investigação e Inovação na Agricultura

Sex, 01/10/2021 - 00:00

Estão abertos concursos para apresentação de candidaturas ao financiamento de projetos de Investigação, Desenvolvimento e Inovação, no âmbito da Agenda de Inovação para a Agricultura 20 | 30 «Terra Futura», e do regime de apoio do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

 

Um dos concursos pretende dar lugar a respostas no âmbito da Iniciativa Emblemática 3 - Mitigação das alterações climáticas, visando promover a redução das emissões de gases com efeito de estufa no setor agrícola, assim como potenciar o aumento do sequestro de carbono no solo.

 

O outro concurso ambiciona encontrar respostas enquadráveis na Iniciativa Emblemática 4 - Adaptação às alterações climáticas, pretendendo financiar projetos que aumentem a resiliência da atividade agrícola, tendo em conta os impactos já sentidos devido ao aquecimento global, bem como aqueles que são esperados no futuro.

 

A dotação de cada um destes Avisos é de 4M€, podendo, cada candidatura, beneficiar, no máximo, de 1M€ por Aviso.

 

A apresentação das candidaturas deverá ser feita através do FORMULÁRIO ELETRÓNICO, durante o período definido nos Avisos de Abertura, com início a 30 de setembro de 2021 e fim a 30 de novembro de 2021, às 17h00.

 

Recorda-se que a Agenda de Inovação está contemplada no Plano de Recuperação e Resiliência, estando inscritos 93M€ para a sua implementação.

 

Este montante será distribuído da seguinte forma: 45M€ para dinamização de projetos de Investigação e Inovação; 12M€ para financiamento de projetos estruturantes para a Transformação Digital; e 36M€ para a Modernização de 24 polos da Rede de Inovação.

 

 

Fonte:Ifap/PRR

 

 

 

Aprovada Estratégia Nacional de Combate à Pobreza 2021-2030

Qui, 30/09/2021 - 00:00

Foi hoje aprovada a Estratégia Nacional de Combate à Pobreza 2021-2030, a fim de ser submetida a Consulta Pública, segundo o Comunicado do Conselho de Ministros de 30 de setembro.

 

A Estratégia constitui um elemento central do objetivo de erradicação da pobreza, enquadrado no desafio estratégico de redução das desigualdades em Portugal.

Tem por base uma abordagem global, multidimensional e transversal de articulação das políticas públicas e atores, definindo prioritariamente seis Eixos de intervenção, em estreita articulação com o Pilar Europeu dos Direitos Sociais e o respetivo Plano de Ação e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.

 

A Consulta Pública sobre a Estratégia Nacional de Combate à Pobreza, será aberta em breve. Fique atento!

 

 

Fonte: PtGov

 

Webinar | Como organizar um debate sobre a Europa?

Qui, 30/09/2021 - 00:00

Hoje, pelas 13h15, a Representação da Comissão Europeia em Portugal organiza um workshop virtual sobre organização de debates nas redes sociais 'Como posso organizar um debate sobre o futuro da Europa?'.

 

Durante a sessão, que será transmitida nas redes sociais Facebook e Twitter, serão apresentados os objetivos específicos da Conferência sobre o Futuro da Europa (CoFE) e o que se espera dos seus stakeholders.

 

Haverá uma sessão prática de demonstração das ferramentas disponíveis na plataforma, assim como a apresentação dos Centros Europe Direct e do apoio que podem oferecer na organização de debates.

 

INSCREVA-SE AQUI!

 

A Conferência sobre o Futuro da Europa (CoFE) consiste numa série de debates e discussões promovidos pelos cidadãos e que permitirão às pessoas de toda a Europa partilhar as suas ideias e ajudar a moldar o nosso futuro comum. 

 

A Conferência é a primeira do género. Enquanto grande exercício democrático pan-europeu, proporciona um novo fórum público para travar um debate aberto, inclusivo e transparente com os cidadãos em torno de uma série de prioridades e desafios fundamentais.

 

Espera-se que até à primavera de 2022, as iniciativas ao abrigo da CoFE proporcionem orientações sobre o futuro da Europa.

 

Mais informações:

 

| Conferência sobre o Futuro da Europa
 

| Centros EUROPE DIRECT em Portugal

 

 

Fonte: Rep.CE Portugal

PRR abre caminho para o hidrogénio verde

Qui, 30/09/2021 - 00:00

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) abre caminho para o hidrogénio verde, já estando em vigor o primeiro Aviso de concurso, no valor de 62 milhões de euros, destinado a 'Investimentos em Produção de Gases de Origem Renovável'.

 

Este é o primeiro de três avisos do PRR para projetos de produção de hidrogénio e de outros gases de origem renovável para autoconsumo e/ou injeção na rede. No total, o Plano de Recuperação e Resiliência tem 185 milhões de euros disponíveis para investimentos nesta Componente (C14).

 

As CANDIDATURAS estão abertas até 30 de dezembro e serão operacionalizadas através do Fundo Ambiental, responsável pela gestão do Aviso.

 

São beneficiários finais as pessoas coletivas, públicas ou privadas, que pretendam desenvolver projetos industriais de produção de hidrogénio renovável e outros gases renováveis.

 

Os projetos podem ter aplicações diversas, como os Transportes ou a Indústria, desde que visem aumentar a contribuição das renováveis no consumo de energia, reduzir as emissões de Gases com Efeito de Estufa, reduzir a dependência energética e melhorar a segurança do aprovisionamento de energia.

 

O programa “Apoio à produção de hidrogénio renovável e outros gases renováveis” enquadra-se num conjunto de medidas que visam contribuir para o objetivo da neutralidade carbónica, promovendo a transição energética por via do apoio às energias renováveis, com grande enfoque na produção de hidrogénio e outros gases de origem renovável.

 

O programa  pretende ainda promover o crescimento económico e o emprego por via do desenvolvimento de novas indústrias e serviços associados, bem como a investigação e o desenvolvimento, acelerando o progresso tecnológico e o surgimento de novas soluções tecnológicas, com elevadas sinergias com o tecido empresarial.

 

Dos objetivos destacam-se ainda a redução da dependência energética nacional, pela produção de energia a partir de fontes endógenas, e dessa forma contribuir significativamente para a melhoria da balança comercial e reforçando a resiliência da economia nacional.

 

Esta iniciativa encontra-se totalmente alinhada com os objetivos nacionais em matéria de energia e clima, com vista a alcançar a neutralidade carbónica em 2050.

 

Fonte: Recuperar Portugal

Projeto ‘Primeira Pedra’ distinguido pela Comissão Europeia

Qua, 29/09/2021 - 00:00

O projeto ‘Primeira Pedra’, cofinanciado pelo Programa Operacional COMPETE 2020, ganhou o 1.º Prémio Nacional na categoria "Apoio à internacionalização das empresas" dos EEPA 2021 - European Enterprise Promotion Awards, uma iniciativa da Comissão Europeia.

 

Promovido pela ASSIMAGRA, Experimentadesign e pelo Município de Porto de Mós, este projeto une a Indústria e o Design no desenvolvimento de mais de 80 aplicações da pedra natural portuguesa que enaltecem a sua qualidade, durabilidade, versatilidade e a elegância cromática, reforçando a imagem internacional de Portugal.

 

Os EEPA são uma iniciativa da Comissão Europeia que tem como objetivo distinguir as melhores práticas de promoção do empreendedorismo na Europa, em função da especificidade do seu contributo para o desenvolvimento, crescimento económico e promoção do emprego.

 

 

Fonte: Compete2020/Assimagra

Candidaturas abertas para 'Observação da agricultura e dos territórios rurais'

Qua, 29/09/2021 - 00:00

O PDR 2020 - Programa de Desenvolvimento Rural, abriu candidaturas para ‘Observação da agricultura e dos territórios rurais’, até 19 de novembro de 2021.

 

As candidaturas apresentadas devem contribuir para a boa aplicação, acompanhamento e avaliação das medidas de política de desenvolvimento rural, promover a participação e o trabalho conjunto entre os agentes do desenvolvimento rural e transferir boas práticas e novos conhecimentos para qualificar a intervenção dos agentes de desenvolvimento rural.

 

As Operações a apoiar devem ter em vista a capitalização da informação e resultados de projetos através de:

 

  • Eventos e sessões de trabalho
     
  • Organização de workshops e reuniões
     
  • Sistematização e disponibilização da informação técnica e científica de forma normalizada e em linguagem acessível, na forma de suporte de informação físico ou eletrónico, reuniões, apresentações e exposições
     
  • Divulgação de Agendas de Inovação e Investigação

 

Saiba mais em PDR2020|Candidaturas.

 

 

Fonte: PDR2020

AD&C na Comissão Luso Espanhola para a Cooperação Transfronteiriça

Qua, 29/09/2021 - 00:00

A AD&C - Agência para o Desenvolvimento e Coesão, representada pelo seu Vice-Presidente Duarte Rodrigues, participa hoje em Mérida, na XIII Comissão Luso Espanhola para a Cooperação Transfronteiriça.

 

Duarte Rodrigues intervem no evento com o ‘Balanço e situação dos fundos europeus destinados à cooperação transfronteiriça’.

A XIII Comissão Luso-Espanhola para a Cooperação Transfronteiriça (CLECTF), é um fórum que reúne os mais importantes atores nacionais, regionais (Comunidades autónomas espanholas e CCDRs portuguesas) e locais (associações de municípios) com competências e um papel efetivo no planeamento e execução da Cooperação Transfronteiriça, em prol do bem-estar das populações dessas regiões.

 

Nesta reunião, para além do balanço dos últimos 3 anos, discute-se, de forma aberta, construtiva e frutífera, as questões, os problemas e as prioridades da Cooperação Transfronteiriça nos próximos anos, tendo presente a oportunidade que o Quadro Financeiro Plurianual 2021-27 representa.

 

O encontro conta ainda com a presença da Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, e do Secretário Geral para o Desafio Demográfico de Espanha, Francec Boyá Alós.

 

Consulte aqui o PROGRAMA completo.

 

 

Fonte: ADC-NCTE

Webtalk ‘Digitalização das empresas com recurso a fundos europeus’

Qua, 29/09/2021 - 00:00

Nuno Santos, Presidente da AD&C, será o keynote speaker da Webtalk ‘Digitalização das empresas com recurso a Fundos Europeus’, que tem lugar já no dia 7 de outubro, às 10h, promovida pelo jornal ECO.

 

A transição digital é um dos pilares dos Fundos Europeus, não apenas do recém-chegado Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), mas de outros programas disponíveis para Portugal, com 650 milhões de euros destinados à Digitalização das PME.

 

No momento em que arranca um novo Quadro Financeiro Plurianual 2020/2030 e também o Next Generation EU, os agentes económicos precisam de ter acesso a informação rigorosa, credível e independente, e em tempo útil, sobre os programas disponíveis, as condições de acesso e as métricas de avaliação definidas.

 

Neste âmbito, o FundosEuropeus.pt, plataforma do ECO especializada nas áreas dos programas comunitários de apoio ao investimento empresarial, organiza esta webtalk em parceria com a PHC Software, que pode acompanhar no próximo dia 7 de outubro, às 10h, no site e Facebook do ECO.

 

Além de Nuno Oliveira dos Santos, Presidente da AD&C, o debate conta com a participação de João Dias, administrador da AICEP, Pedro Cilínio, diretor da área de Capacitação Empresarial IAPMEI, e Rogério Canhoto, Chief Business Officer da PHC Software.

 

A moderação está a cargo de Mónica Silvares, editora do FundosEuropeus.pt.

 

 

Fonte: ECO

 

Noite Europeia dos Investigadores 2021

Sex, 24/09/2021 - 00:00

A Noite Europeia dos Investigadores, o maior evento para comunicar e promover a investigação na Europa, realiza-se hoje, 24 de setembro, em 30 países, incluindo Portugal.

 

Financiada ao abrigo das Ações Marie Skłodowska-Curie, a Noite Europeia dos Investigadores foi lançada em 2005 com quatro objetivos:

 

  • Aproximar a investigação e os investigadores do público
     
  • Promover projetos de investigação de excelência na Europa e no mundo
     
  • Aumentar o interesse dos jovens pelas carreiras científicas
     
  • Destacar o impacto do trabalho dos investigadores na vida quotidiana dos cidadãos

 

Visite os eventos para conhecer pesquisadores e descobrir o fascinante mundo da ciência em um ambiente divertido e interativo, em família ou sozinho.

 

Crianças, jovens e famílias terão a chance de conhecer pesquisadores e descobrir pesquisas, ciência e inovação por meio de uma ampla gama de programas científicos, experimentos práticos, jogos, questionários, competições, exposições e atividades digitais.

 

Consulte o PROGRAMA completo da edição 2021 e descubra quais os eventos que acontecem em cada país.

 

Participe na FESTA DA CIÊNCIA!

 

 

 

 

Fonte: CE

Participe no Dia Europeu da Línguas!

Sex, 24/09/2021 - 00:00

No dia 26 de setembro, junte-se à celebração da diversidade linguística da Europa na edição 2021 do Dia Europeu das Línguas cujo tema geral é ‘Línguas e Sustentabilidade’.

 

Por toda a Europa, 800 milhões de Europeus dos 47 Estados-Membros do Conselho da Europa são encorajados a aprender mais línguas, em qualquer idade, dentro e fora da escola.

 

O Conselho da Europa promove o plurilinguismo em todo o continente, com base na convicção de que a diversidade linguística é uma via para alcançar uma maior compreensão intercultural e um elemento-chave da riqueza do património cultural da Europa.

 

Conforme iniciativa conjunta do Conselho da Europa e da Comissão Europeia, o Dia Europeu das Línguas tem sido celebrado todos os anos, desde 2001, no dia 26 de setembro.

 

 

Fonte: CE

Workshop | Saiba o que é o publishing

Sex, 24/09/2021 - 00:00

No próximo dia 30 de setembro realiza-se o Workshop ‘O que é o publishing’, promovido pela WHY Portugal, no âmbito do projeto cofinanciado pelo Programa Operacional COMPETE 2020.

 

A sessão online via ZOOM, das 10h00 às 12h00, tem como objetivo preparar e apoiar os artistas e profissionais da indústria da música para a sua participação da WOMEX 2021, que este ano se realiza no Porto de 27 a 31 de outubro.

 

A WHY Portugal enquanto gabinete de exportação da música portuguesa, organizou diversos workshops durante este ano de 2021 no âmbito do projeto cofinanciado pelo COMPETE 2020.

 

A temática deste evento é “Music Publishing”.

 

Se temos a SPA, porque é que precisamos de um “publisher”? O que são os direitos de execução? O que são os direitos mecânicos? E que direitos temos, afinal, no digital? O que são sincronizações? E como fazer render o peixe ao nível internacional? É verdade que a tradução de letras, na internet, pode dar dinheiro?

 

Estas e outras questões serão abordadas para um music publishing bem gerido.

 

INCRIÇÕES AQUI.

 

 

Fonte: Compete2020

Novo concurso para Títulos de Impacto Social - LISBOA

Qui, 23/09/2021 - 00:00

A Portugal Inovação Social abriu um novo concurso para a apresentação de candidaturas a Títulos de Impacto Social (TIS) para a região de Lisboa, no domínio da Inclusão Digital, com uma dotação de 2 milhões de euros.

 

Os Títulos de Impacto Social (TIS) são um dos mais inovadores e exigentes instrumentos de financiamento da Inovação Social.

 

Requerem a validação e parceria da entidade pública responsável pela execução de política pública na área setorial de intervenção dos projetos, e também a mobilização e parceria de investidores disponíveis para financiar integralmente os projetos, sendo reembolsados apenas e quando os resultados sociais mensuráveis previamente contratualizados são alcançados.

 

Tendo sido criados em 2010 no Reino Unido, são objeto de grande interesse e acompanhamento internacional devido ao seu modelo original de contratualização e pagamento por resultados, com elevado potencial de melhorar a eficiência e aumentar o impacto das respostas sociais existentes.

 

Com 20 projetos aprovados pela Portugal Inovação Social, Portugal é atualmente o país de União Europeia com maior número de TIS e o 4º com maior volume de investimento mobilizado.

 

O financiamento do concurso agora aberto é proveniente do Programa Operacional Lisboa 2020 e encerra no dia 13 de outubro de 2021.

 

Consulte AQUI toda a documentação relativa a este Concurso.

 

Fonte: PIS

Consulta Pública sobre o próximo Interreg MAC 2021-2027

Qui, 23/09/2021 - 00:00

As autoridades do Programa Interreg MAC 2014-2020 lançaram uma nova Consulta Pública sobre o próximo Programa de Cooperação Territorial Interreg MAC 2021-2027.

Para isso, foi constituído o Grupo de Trabalho de Programação com a participação de todos os territórios que irão constituir a área geográfica do Programa: Madeira, Açores, Ilhas Canárias, Cabo Verde, Senegal, Mauritânia, Gâmbia, Gana, Costa do Marfim e São Tomé e Príncipe.

Participe nesta Consulta Pública não vinculativa sobre os objetivos prioritários do próximo programa de cooperação territorial INTERREG MAC 2021-2027 respondendo ao Questionário no link abaixo, até dia 01 de outubro.
 

| QUESTIONÁRIO EM PORTUGUÊS

 

Consulte também a Estratégia do Programa Interreg MAC 2021-2027.

 

 

Fonte: MAC 

 

Interreg contribui para a descarbonização da Europa

Qui, 23/09/2021 - 00:00

Conheça dois projetos do Interreg Espaço Atlântico que usam combustíveis alternativos como hidrogênio verde para veículos mais limpos.

 

Os projetos SEAFUEL do Interreg Espaço Atlântico e HECTOR do Interreg Noroeste da Europa são dois bons exemplos de projetos que exploram o uso de combustíveis alternativos como o hidrogênio verde para veículos mais limpos.

 

Quase 1 milhão de postos públicos de recarga e reabastecimento serão necessários até 2025 para os 13 milhões de veículos de baixa emissão esperados na Europa.

 

A União Europeia apoia a implantação de pontos de recarga e reabastecimento em áreas com baixos níveis de acesso.

 

Os Programas de Cooperação Territorial Europeia (Interreg) reconhecem o valor do hidrogênio e estão fortemente empenhados em apoiar projetos que possam contribuir para o lançamento de uma nova geração de tecnologias movidas a hidrogênio sustentável.

 

Saiba mais AQUI.

 

Fonte: Interreg-EA

Conheça projetos no âmbito da Prevenção da Fraude com Fundos UE

Qui, 23/09/2021 - 00:00

No próximo dia 8 de outubro, a partir das 14h, realiza-se o evento online e presencial ‘Accountability e democratização das instituições - Prevenção da fraude’, nas instalações da Nova SBE em Carcavelos.

 

Promovido pelo Think Tank - Iniciativa Antifraude que visa a boa utilização dos recursos financeiros da União Europeia (UE), o evento constitui uma oportunidade para conhecer os projetos desenvolvidos no âmbito da prevenção da Fraude com Fundos da UE.

 

A AD&C - Agência para o Desenvolvimento e Coesão, que é parte integrante deste Grupo de Reflexão, estará representada pelo seu Presidente, Nuno Santos.

 

O evento é público mas sujeito a REGISTO.

 

Destaca-se que a Sessão de Abertura terá a participação de Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República e Lucília Gago, Procuradora–Geral da República.

 

Consulte aqui o PROGRAMA.

 

 

 

Fonte: ThinkTank

'Mudar para melhor' com o MAR 2020

Qua, 22/09/2021 - 00:00

Foi ontem lançada a nova campanha de comunicação do Programa Operacional MAR 2020, que vai dar origem a 6 episódios designados 'Mudar para melhor'.

 

Os episódios serão conduzidos por Fátima Lopes, enquanto influenciadora e embaixadora do programa, e 1 episódio do programa da SIC 'Imagens de Marca', com a pivot Cristina Amaro.

 

O primeiro programa vai para o ar já em outubro, numa parceria com a The Empower Brands House.

 

Na série 'Mudar para Melhor', dá-se palco a pessoas e atividades do setor da Pesca, fundamentais para a economia e competitividade do país.

 

Fique a conhecer uma nova realidade com empresários, colaboradores e empreendedores, que desenvolvem a sua atividade com o apoio da investigação e das novas tecnologias, proporcionando, sobretudo aos jovens, um olhar para estas atividades como uma verdadeira oportunidade de carreira.

 

 

Fonte: Mar2020

Páginas