Algarve 2020 e IFRRU visitam projetos privados de Reabilitação Urbana

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDR Algarve), enquanto Autoridade de Gestão do CRESC Algarve 2020, em parceria com responsáveis do Instrumento Financeiro de Reabilitação e Revitalização Urbana (IFRRU 2020), realizou um conjunto de visitas técnicas a projetos privados de reabilitação de edifícios que estão a beneficiar do apoio dos fundos europeus.

As visitas decorreram em Faro, Lagos e Vila Real de Santo António, tendo incluído projetos destinados à habitação e às atividades económicas. Exemplos disso foram os casos dos projetos de reabilitação de um antigo edifício na Baixa de Faro, onde outrora funcionou o Centro Comercial Atrium e o Cinema Santo António, agora recuperado e preparado para acolher em 2021 uma moderna unidade hoteleira, a reabilitação do Hotel Tivoli em Lagos, e uma unidade de habitação multifamiliar em Vila Real de Santo António.

Lançado em novembro de 2017, e criado no âmbito do Portugal 2020, o IFFRU garante empréstimos para a reabilitação urbana em condições mais vantajosas, juntando verbas com origem no Banco Europeu de Investimento (BEI), Orçamento de Estado, dos programas operacionais regionais do Portugal 2020 e de bancos contratados, numa dotação global de 1.400 Milhões de Euros (M€) para a reabilitação integral de edifícios com idade igual ou superior a 30 anos.

Recorde–se que, em dezembro de 2019, o programa foi distinguido como case study de sucesso pela Comissão Europeia e pelo Banco Europeu de Investimento.

Na Região do Algarve, até à presente data, foram contratadas oito operações, envolvendo um investimento total de 18.129.858,57€, com um investimento elegível de 13.463.207,74€, com uma comparticipação de 4.895.361,57€ (FEDER, no âmbito do CRESC Algarve 2020), sendo atualmente a região com a melhor execução a nível nacional, face à dotação atribuída a este instrumento.

Pode encontrar mais INFORMAÇÕES sobre outros projetos apoiados pelo Programa Operacional do Algarve AQUI.